APR – Análise Preliminar de Risco

APR – Análise Preliminar de Risco


APR analise preliminar de risco


A APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO


Parte inferior do formulário


Conhecida pela sigla APR, a Análise Preliminar de Riscos é uma ferramenta eficaz para a identificação de potenciais riscos no ambiente de trabalho. Partindo da identificação antecipada de elementos e fatores ambientais que representem perigo elevado, analisa, de maneira detalhada, cada uma das etapas do processo, possibilitando assim a escolha das ações mais adequadas para minimizar a possibilidade de acidentes.

A APR é uma das técnicas mais utilizadas atualmente, e devido à sua alta eficácia e pelo envolvimento de diversos profissionais, faz parte do cotidiano tanto de profissionais, como de estudantes do setor de segurança e saúde do trabalho.

ORIGENS HISTÓRICAS DA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS

O desenvolvimento da APR deu-se, inicialmente, pela necessidade do Departamento de Defesa dos Estados Unidos de estabelecer padrões de segurança para o transporte, armazenamento e manipulação de mísseis militares, que pela natureza das operações, apresentava alto grau de periculosidade.

Devido ao alto valor de cada um desses equipamentos balísticos, foi necessário o desenvolvimento de análises minuciosas que aumentassem o nível de segurança, assegurando a segurança dos militares envolvidos e evitando prejuízo de milhões de dólares no caso de uma explosão acidental ou da perda de um dos mísseis por problemas operacionais.


E QUAIS SÃO OS OBJETIVOS PRINCIPAIS DA APR?

O âmbito da Análise Preliminar de Risco é bastante amplo, mas dentre as principais metas estão:

  • Identificação aprofundada dos riscos no ambiente de trabalho;

  • Orientação clara e objetiva da equipe de colaboradores;

  • Estabelecimento de procedimentos que visem a segurança;

  • Organização e sistematização das tarefas desenvolvidas no processo;

  • Planejamento amplo de cada etapa e de cada tarefa;

  • Orientação e capacitação da equipe quanto aos riscos da atividade laboral;

  • Prevenção de acidentes, causados por falha mecânica ou humana.